Atividade fiscalizatória: conselhos profissionais da área da saúde priorizam troca de experiências na coleta de dados

A Comissão de Orientação e Fiscalização do Fórum dos Conselhos Federais da Área da Saúde evidenciou, em reunião online nesta quarta-feira, dia 17 de março, a importância da troca de experiências na coleta de dados dos conselhos profissionais da área da saúde para elaboração de relatório do Tribunal de Contas da União (TCU). A proposta é normatizar o plano de fiscalização vigente com foco na eficiência contínua.

Entre as boas práticas à atividade fiscalizatória na ética profissional, foram destacadas as particularidades na rotina fiscalizatória e as mudanças provocadas pela pandemia, dentre elas, a experiência com atos fiscalizatórios em ambiente online. Os cuidados também abrangem a prevenção à proliferação do vírus considerando o atual cenário pandêmico.

De acordo com a representante do CFO na Comissão, a Vice-Presidente Tessa Botelho, o fluxograma de trabalho adotado em ambiente online por grande parte dos Conselhos Federais da área da saúde poderá mantido mesmo pós-pandemia. “O que talvez seja uma medida temporária, perpetue apesar da pandemia, visto ter se demonstrado possível, não como um método em substituição ao presencial, mas como uma boa alternativa estratégica para aumentar a abrangência geográfica de fiscalização”, explicou.

A próxima reunião acontecerá no dia 14 de abril, na modalidade online.

Por Michelle Calazans, Ascom CFO.
imprensa@cfo.org.br

O post Atividade fiscalizatória: conselhos profissionais da área da saúde priorizam troca de experiências na coleta de dados apareceu primeiro em CFO.

Fonte: Notícias

Faça um comentário

*