CFO participa de lançamento do Plano Nacional de Fortalecimento das Residências em Saúde

Ao centro, Marcelo Queiroga (Ministro da Saúde) e Mayra Pinheiro (Secretária de Gestão e Trabalho do Ministério da Saúde) anunciam o Plano Nacional

O Conselho Federal de Odontologia (CFO) participou nesta quinta-feira, 15 de julho, no Ministério da Saúde, do lançamento do Plano Nacional de Fortalecimento das Residências em Saúde. A iniciativa, dividida em três eixos, prevê investimento de R$258 milhões em qualificação dos residentes da área da saúde; em apoio às instituições que abrigam os programas de residências; e, em caráter inédito, com incentivo financeiro aos preceptores (supervisores das residências de saúde).

O Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, destacou que é a primeira vez na história dos programas de residências em saúde em que os preceptores receberão bolsa de incentivo à pesquisa no valor de R$1.500 reais: “O compromisso do Ministério da Saúde, em parceira com o Ministério da Educação, é ampliar os investimentos e fazer com que essas residências sejam cada vez mais qualificadas. A iniciativa também amplia a oferta de vagas de residência para médicos e profissionais da saúde de outras categorias no Sistema Único de Saúde e aumenta o valor da bolsa para residentes”.

Para Marcelo Queiroga, essa forma de incentivo aos preceptores foi criada para que esses profissionais que ensinam as futuras gerações sejam reconhecidos. “Não só no âmbito dos hospitais públicos, esse edital será publicado em âmbito transversal para todas as instituições que formam os profissionais nas residências em saúde”, afirmou.

Marcelo Queiroga (Ministro da Saúde) com os representantes dos Conselhos Profissionais da área da saúde

Segundo a Secretária de Gestão e Trabalho do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, a data é histórica para melhoria da assistência em saúde à população. “O plano foi desenvolvido para ser executado em ciclos trienais, com início das atividades neste ano, e estruturado em três eixos norteadores.

O Ministério da Saúde passa a ofertar mais de 50 mil vagas em cursos, feitos em parceria com o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), abertos a residentes e preceptores, visando a excelência na formação de especialistas. Quanto a valorização profissional a incorporação de um aumento de 24% no valor das bolsas dos residentes em saúde e a concessão de incentivo financeiro aos preceptores fortalece a competência técnica e a integração entre ensino e serviço nas residências uni e multiprofissional em saúde”. explicou.

O presidente do CFO, Juliano do Vale, foi representado pela Vice-Presidente Tessa Botelho, que evidenciou a importância do momento para a qualidade na formação profissional na área da saúde e na atenção em saúde prestada à população. “Esse Plano Nacional inédito contribuirá em sobremaneira nas residências uni e multiprofissionais na área da saúde, as quais a Odontologia está inserida. Essa iniciativa contribui para a formação qualificada de profissionais de saúde e da odontologia em áreas prioritárias e valoriza os profissionais envolvidos, o que chancela diversas frentes de trabalho defendidas pela atual gestão da Autarquia. As prioridades que abrangem os três eixos vão ao encontro de ações prioritárias balizadas pelas demandas da categoria”, completou.

Por Michelle Calazans, Ascom CFO.
imprensa@cfo.org.br

O post CFO participa de lançamento do Plano Nacional de Fortalecimento das Residências em Saúde apareceu primeiro em CFO.

Fonte: Notícias

Faça um comentário

*