Instituições de ensino brasileiras são maioria no top 10 da América Latina

O Brasil possui as melhores universidades da América Latina, segundo os principais indicadores de educação superior do mundo: Times Higher Education World University Rankings e QS World University Rankings, edição 2021. As universidades brasileiras estão no topo entre as 10 melhores na classificação latino-americana, o que inclui o ensino odontológico. É o quarto ano consecutivo em que as universidades brasileiras predominam o topo do ranking, entre as 10 melhores, com destaque para as universidades públicas nacionais.

Como indicador, o Times Higher Education World University Rankings considera como indicador o ensino (ambiente de aprendizado), as pesquisas (em quantidade, investimentos e reputação), as citações (influência dessas pesquisas no ambiente acadêmico em geral), as perspectivas internacionais (de docentes, estudantes e pesquisas) e a renda gerada com transferência de tecnologia produzida dentro da universidade. Nessa classificação, das 177 universidades de 13 países latino-americanos, o Brasil se faz presente por meio de 67 universidades.

Já o QS World University Rankings avalia como base a posição acadêmica, a empregabilidade dos graduados, o impacto da pesquisa e a produtividade da pesquisa, em âmbito regional, mundial e por área do conhecimento, incluindo graduação e pós, em diferentes campus das instituições. A USP tem 13 cursos entre os 50 melhores do mundo. É o maior número entre as universidades latino-americanas. O melhor curso do Brasil é o de Odontologia da USP.

Para o Presidente do CFO, Juliano do Vale, o trabalho incessante em defesa da qualidade na formação profissional de Cirurgiões-Dentistas contribui diretamente para o reconhecimento dos indicadores mundiais de educação superior: “É um grande orgulho para todos nós, que trabalhamos pela qualidade do ensino odontológico, presenciar o predomínio das universidades brasileiras no topo do ranking. No último mês, o Ministério da Educação publicou novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) do curso de graduação em Odontologia, com convergências de objetivos apresentados pelo Sistema Conselhos de Odontologia, que orientam todas as etapas do processo formativo”.

Confira abaixo o top 10 do Times Higher Education 2021:
1 – Pontifícia Universidade Católica do Chile
2 – Universidade de São Paulo (USP)
3 – Universidade de Campinas (Unicamp)
4 – Instituto de Tecnologia de Monterrey (México)
5 – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
6 – Universidade do Chile
7- PUC-Rio
8 – Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
9 – Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)
10 – Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Confira o TOP 10 do QS World University Rankings 2021:
1 – Universidade de São Paulo (USP)
2 – Universidad Nacional Autónoma de México
3 – Pontificia Universidad Católica de Chile
4 – Universidad de Chile
5 – Universidad de Buenos Aires
6 – Universidad de Los Andes Colômbia
7 – Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
8 – Universidad Nacional de Colômbia
9 – Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
10 – Tecnológico de Monterrey

Por Michelle Calazans, Ascom CFO / Com informações dos portais BBC Brasil e G1

O post Instituições de ensino brasileiras são maioria no top 10 da América Latina apareceu primeiro em CFO.

Fonte: Notícias

Faça um comentário

*