Sistema Conselhos completa 57 anos de luta pela valorização da Odontologia e proteção da sociedade

Neste 14 de abril, o Sistema Conselhos completa 57 anos de história, luta e compromisso com a valorização da Odontologia. Neste ano de desafios pandêmicos, a profissão ganhou maior relevância na sociedade. O trabalho desenvolvido por cada profissional e pelos Conselhos de Odontologia foi fundamental para o enfrentamento da pandemia em diversas frentes.  

A união do Sistema Conselhos foi decisiva na defesa da categoria em âmbito nacional. De braços dados, novas ações foram implementadas pelo bem coletivo. Seja por meio de medidas protocolares de biossegurança odontológica, junto aos órgãos responsáveis em demandas específicas, no aperfeiçoamento da missão precípua do Sistema Conselhos ou por mobilizações inéditas, pensado cuidadosamente para amenizar o impacto da covid-19 na Odontologia.

É a primeira vez, em 57 anos de criação dos Conselhos de Odontologia, em que todos os esforços foram e estão destinados para preservação da vida. O trabalho segue intenso, respeitando a complexidade do momento, para evidenciar, cada vez mais, o reconhecimento de Cirurgiões-Dentistas, profissionais técnicos e auxiliares como profissionais essenciais, não somente no contexto de pandemia, mas no cuidado integral à saúde da população em consultórios clínicos e ambulatórios, ambiente hospitalar ou Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).  

E apesar do quadro de escassez de imunizantes contra a covid-19, os Conselhos de Odontologia contribuíram para o cumprimento da ordem de vacinação dos profissionais de Odontologia enquanto grupo prioritário. Até o momento, 127.294 mil Cirurgiões-Dentistas foram vacinados em todo o Brasil, do total de 336.358 mil Cirurgiões-Dentistas com inscrição ativa. Quantidade proporcional aos médicos vacinados, dos 512.538 médicos em exercício, 239.961 estão imunizados, segundo dados oficiais do Ministério da Saúde. O cenário é fruto da articulação junto aos governos estaduais e municipais, e também à Procuradoria-Geral da República para fiscalização do cumprimento da ordem de priorização dos profissionais de Odontologia.

O trabalho conjunto é conduzido conforme os desdobramentos do vírus, considerando as evidências científicas, as revisões sistemáticas publicadas e, principalmente, as manifestações identificadas pela própria categoria nos canais oficiais de comunicação dos Conselhos. O maior desafio neste ‘novo normal’ é repensar o modelo do exercício da Odontologia para além do ambiente odontológico, o que abrange outras atividades na busca contínua pela valorização da categoria.

Diante disso, seguem, também, as lutas permanentes contra a abertura de novas faculdades, contra as baixas valorização e remuneração dos profissionais no serviço público e privado, e contra qualquer forma de restrição indevida do exercício da Odontologia. Para os Conselhos, o principal ganho neste ano pandêmico foi a mudança na forma da sociedade avaliar a categoria, não somente como uma profissão restrita a boca e dentes, mas sim como indispensável à saúde integral do ser humano.

Por Michelle Calazans, Ascom CFO.
imprensa@cfo.org.br  

O post Sistema Conselhos completa 57 anos de luta pela valorização da Odontologia e proteção da sociedade apareceu primeiro em CFO.

Fonte: Notícias

Faça um comentário

*