Ronco e Apnéia

Ronco

O Ronco é um problema social sério, atingindo cerca de 30% das pessoas, alterando a convivência com o cônjuge (é causa de muitas separações) ou com amigos, geralmente tornando a pessoa que ronca alvo de brincadeiras.
É causado pela vibração dos tecidos da garganta em função da turbulência do ar à medida que as vias aéreas se estreitam. A obesidade, a respiração bucal e o uso de cigarro e álcool agravam de modo significativo o ronco.

Apnéia

A Apnéia do sono é a obstrução das vias aéreas por alguns momentos durante a noite, pela aproximação dos tecidos da garganta, fechando a passagem do ar e impedindo a respiração por alguns segundos, varias vezes por noite.

Esta doença é muito grave porque está comprovado que reduz a oxigenação do sangue que provoca:

• Impacto negativo na qualidade de vida.
• Aumento do risco de AVC (derrame), infarto, hipertensão, diabetes tipo 2 e depressão.
• Redução da capacidade intelectual (pela diminuição do sono REM).
• Sonolência diurna (pesquisas comprovam maior número de acidentes de trânsito).
• Doença periodontal (inflamação na gengiva com risco de perda dentária).

A Apneia pode ocorrer em adultos e crianças, tendo consequências graves para ambos.

Em crianças, esta doença está associada ao baixo desempenho escolar e alterações no crescimento facial.

Aparelho Oral para Redução do Ronco

Recentemente ,o tratamento através de aparelhos orais tem demonstrado cientificamente importância  , pela facilidade de adaptação e eficácia dos aparelhos, que vem ganhando espaço como uma das principais formas de tratamento para estes problemas.

Os aparelhos orais podem reduzir ou até eliminar o ronco e apneia do sono.

São de fácil adaptação, têm alto índice de aceitação do paciente e sucesso no tratamento. Representam a maneira mais conservadora para controle do ronco e da Apneia do Sono.